Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Dívida Ativa da União (DAU) > Regime Diferenciado de Cobrança (RDCC)
conteúdo

Entenda como funciona o Regime Diferenciado de Cobrança de Créditos

por Camila Antunes publicado 19/04/2018 10h27, última modificação 20/04/2018 18h05

Em abril de 2016 a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) instituiu o Regime Diferenciado de Cobrança de Créditos: o RDCC. O objetivo principal do projeto é tornar mais eficiente a recuperação de créditos inscritos em Dívida Ativa da União (DAU).

E como a PGFN vai atuar para aprimorar a cobrança?

Bom, a iniciativa é composta por quatro procedimentos, que buscam:

- automatizar o processo de coleta de informações sobre bens dos devedores centralizando esses dados em um único ambiente;
- utilizar meio extrajudiciais para a cobrança, como o Protesto;
- aprimorar o acompanhamento junto aos devedores que optaram pelo parcelamento da dívida para que eles quitem integralmente o débito;
- acompanhar de perto os casos dos devedores que têm condições de pagar e decidem discutir judicialmente a dívida para que a situação seja resolvida da melhor maneira.

Se você quer saber mais detalhes sobre o RDCC, acesse a Portaria PGFN nº 396/2016, que regulamentou a medida, e/ou acesse abaixo o vídeo em que explicamos de forma rápida quais os objetivos do RDCC.

 

Imagem_RDCC