Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2008 > Ministérios da Fazenda e da Agricultura negociam possível prorrogação de dívidas rurais
conteúdo

noticias

Ministérios da Fazenda e da Agricultura negociam possível prorrogação de dívidas rurais

publicado: 24/01/2008 11h47, última modificação: 11/11/2010 12h17

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, disse hoje (24) que “a questão da dívida rural tem que ser tratada tecnicamente, de acordo com a complexidade de cada caso”.

Algumas das dívidas, segundo ele, vêm “rolando” a quase 20 anos e se acumulando; umas decorrentes de planos econômicos, e outras em razão de frustração de safras.

Stephanes fez a afirmação ao chegar ao Ministério da Fazenda, pela manhã, para reunião com o ministro Guido Mantega e o presidente da Comissão de Agricultura da Câmara, deputado Marcos Montes (DEM-MG), com vistas a discutir a possível prorrogação das dívidas rurais com vencimento no primeiro trimestre deste ano.

O ministro da Agricultura disse que o fato de a bancada ruralista reivindicar o estudo das dívidas é correto, mas não transforma a questão em assunto político. A prorrogação é técnica, enfatizou Stephanes, e acrescentou que “tem-se que analisar as dívidas e retirar a gordura acrescentada a elas, e se pagar de acordo com a renda do produtor”.

Stephanes também comentou as notícias de aumento de desmatamento na Amazônia para plantio de soja e criação de gado, e manifestou dúvidas a respeito; em especial quanto à expansão de áreas para lavouras de soja, uma vez que a área usada para sojicultura no país, este ano, é menor que nos dois últimos anos.

O ministro disse ter “clara convicção de que o Brasil não precisa derrubar árvores na Amazônia para produzir soja e carne”. Afirmou, ainda, estar à disposição da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, para discutir a questão e adotar as medidas pertinentes para coibir o desmatamento na área.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL - 24/01/2008