Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2016 > Cobrança de créditos por meio de Protesto em Cartório já recuperou mais de R$ 1,5 bilhão
conteúdo

noticias

Cobrança de créditos por meio de Protesto em Cartório já recuperou mais de R$ 1,5 bilhão

O valor representa 17% do total protestado e mais de 250 mil inscrições
publicado: 16/08/2016 14h34, última modificação: 06/04/2018 16h28

Até abril de 2016, foram encaminhadas para cobrança por meio de Protesto Extrajudicial de Certidões da Dívida Ativa da União mais de 1 milhão de inscrições, tendo sido quase 945 mil protestadas de fato. Esse mecanismo de cobrança começou a ser utilizado pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) em março de 2013 e tem alcançado resultados mais satisfatórios do que as cobranças realizadas por meio de Execuções Fiscais.

Do total de inscrições protestadas, pouco mais de 250 mil foram recuperadas, o que representa 21% do total encaminhado para protesto. Quando apontados os valores, dos mais de R$ 8,5 bilhões encaminhados para protesto, mais de R$ 7 bilhões foram protestados e quase R$ 1,5 bilhão foram recuperados – pagamentos à vista e parcelamentos –, o que representa 17% do total enviado para protesto.

 

protesto de cdas