You are here: Home Notícias de Carrossel Congresso de Contencioso Tributário da PGFN e o FGTS
Document Actions

Congresso de Contencioso Tributário da PGFN e o FGTS

19-12-2016 09:24  —  217319 visualizações

Além de palestras com convidados especiais, a Revista da PGFN dedicada ao nCPC e o pré-lançamento do Código de Processo Civil Comentado foram pontos marcantes do Congresso

Congresso do Contencioso Tributário
 

Após três dias de relevantes conversas e compartilhando conhecimento, o Congresso do Contencioso Tributário se encerrou na quarta-feira, dia 14. Idealizado pela Procuradoria Geral de Consultoria e Contencioso Tributário (PGACCT), o objetivo do evento – atingido com sucesso – era dar espaço para que os temas mais relevantes da PGFN com Contencioso Tributário pudessem ser debatidos em um ambiente de excelência acadêmica e profissional com representantes de diversas áreas.

Assim, da PGFN foram convidados o Procurador-Geral Fabrício Da Soller, o Procurador-Geral Adjunto de Consultoria e Contencioso Tributário Claudio Seefelder, os Coordenadores da Representação Judicial, da Coordenação Judicial perante o STJ e perante o STF. Ainda, compondo a escalação de palestrantes, estavam Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro do STJ, Conselheiros do CARF e doutrinadores.

“Um Congresso que junta mais de 200 Procuradores da Fazenda Nacional, que lança uma revista da PGFN sobre o novo Código do Processo Civil e que também faz o pré-lançamento do Código de Processo Civil comentado por aproximadamente 200 Procuradores e ex-Procuradores da Fazenda Nacional, além dos temas mais relevantes da PGFN com Contencioso Tributário com certeza confirma a relevância da PGFN no debate jurídico no País”, comenta o Procurador-Geral Adjunto de Consultoria e Contencioso Tributário, Claudio Seelfelder.

Foram oferecidas 60 vagas para Procuradores lotados em Brasília e reservada mais de 150 vagas para representantes da PGFN das unidades estabelecidas no país. Para o Procurador da 2ª Região João Grognet, “eventos como este, em que a gente traz Ministros do Supremo Tribunal Federal e autoridades de fora reposiciona a Procuradoria, a coloca em um patamar de uma instituição que, na verdade, faz parte de toda uma política pública e que influencia escolhas públicas. Então isso é fundamental: faz com que a Procuradoria tenha um protagonismo não só na questão jurídica como também de políticia tributária”.

Grognet ainda complementa: “é uma marca da Procuradoria que mostra um nível de maturidade. Atos que estão à frente daquilo que se esperava de um órgão de defesa da advocacia publica mostra, mais uma vez, que a procuradoria tem um protagonismo especial em todo esse cenário jurídico do país”.

Para que o projeto fosse tão bem sucedido como foi, a contribuição dos Procuradores da PGFN Rogério Campos (CRJ), Igor Montezuma (DIAEJ), Moises de Sousa (COCAT), Alexandra Carneiro (CASTF), Lana Borges (CASTJ) e Leonardo Alvim (CAT) foi imprescindível.

O Procurador-Geral, Fabrício Da Soller, ainda ressalta: “evento com essa qualidade dificilmente se presencia. A dedicação dos colegas coordenadores e do Dr. Claudio também merece registro, bem como a participação qualificada dos nossos colegas procuradores”.
 

Confira como foi


No dia de abertura do evento, foram recebidos os Ministros do Supremo Teori Zavascki, Luís Roberto Barroso e Luiz Fux. O ministro do STJ, José Castro de Meira, teve espaço no dia 14, na parte da manhã. No cronograma também estavam programados o presidente substituto do CARF, Rodrigo da Costa Pôssas, e doutrinadores como Marco Aurélio Greco, Marciano de Seabra Godoi e James Marins.
 
De acordo com o Procurador-Geral Adjunto de Consultoria e Contencioso Tributário, Claudio Seelfelder, “a presença dos Ministros do STF na abertura retrata o respeito pelo trabalho da PGFN no STF, bem como o prestigio da instituição no debate dos temas na Corte Suprema. A presença do Ministro do STJ, Conselheiros do CARF e doutrinadores demonstram a importância do debate dos temas tributários federais”.
 
Os convidados palestrantes enriqueceram os debates dos temas que permearam a programação do Congresso. A questão dos precedentes do novo CPC, a cessação da eficácia da sentença inconstitucional e as principais novidades do Novo CPC foram alguns temas discutidos com os Ministros do STF. A evolução da postura da Representação Judicial da União e do FGTS e questões administrativas foram discutidas com os membros da PGFN, no segundo dia. Ainda, antes do encerramento no dia 14, a recuperação judicial e a execução fiscal, tributação de royalties à luz de tratados internacionais e o voto de qualidade do CARF foram apresentados pelos convidados.
 
Um dos pontos altos do evento foi o lançamento das obras com contribuição da PGFN e de produção própria. Foi apresentada oficialmente aos presentes a Revista da PGFN, dedicada ao nCPC, com patrocínio do ETCO. A iniciativa contou com a marcante colaboração dos colegas da CRJ. Ainda, foi feito o pré-lançamento do Código de Processo Civil Comentado por Procuradores da Fazenda Nacional, com a participação de quase 200 membros da PGFN e dos Ministros Teori Zavascki, Luiz FUX, Eliana Calmon e Castro Meira. A edição deve ser lançada em abril de 2017, pela editora RT.

 
 dr. claudio seefelder e dr rogério campos
Da esq. para dir.: Rogério Campos e Claudio Seefelder no lançamento da Revista da PGFN. A revista foi dedicada ao nCPC.
 
luiz fux
Ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, falando sobre as principais inovações trazidas pelo nCPC.
palestra
Claudio Seefelder, Procurador-Geral Adjunto da Consultoria e Contencioso Tributário, compôs a mesa.
 
joão grognet

 Procurador da 2ª Região, João Grognet

procuradores nacional

 

Navigation
Unidades e Responsáveis
Mapa do Brasil Paraíba Pernambuco Alagoas Sergipe Rio Grande do Norte Ceará Bahia Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo Minas Gerais Paraná Santa Catarina Rio Grande do Sul Distrito Federal Goiás Mato Grosso do Sul Mato Grosso Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Tocantins Manaus Amapá Piauí