You are here: Home Notícias de Carrossel Publicada Portaria que regulamenta o parcelamento especial de débitos do Simples Nacional inscritos em DAU
Document Actions

Publicada Portaria que regulamenta o parcelamento especial de débitos do Simples Nacional inscritos em DAU

12-12-2016 17:13  —  229831 visualizações

Adesão à modalidade de pagamento começa hoje (12) e vai até março do ano que vem

Publicada Portaria que regulamenta o parcelamento especial de débitos do Simples Nacional inscritos em DAU

 

Foi publicada na última sexta-feira (9) no Diário Oficial da União (DOU), a Portaria PGFN nº 1.110 de 8 de dezembro de 2016. O texto regulamenta o parcelamento especial de débitos do Simples Nacional inscritos em Dívida Ativa da União (DAU), medida prevista no artigo 9º da Lei Complementar nº 155/2016. O período para adesão ao parcelamento especial começa hoje (12) e se encerra no dia 10 de março de 2017.

Para aderir à essa modalidade de pagamento, o contribuinte deverá acessar o site da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), ir até o Portal e-CAC, selecionar a opção “Parcelamento” e em seguida “Parcelamento Especial Simples Nacional”.

O contribuinte poderá selecionar as inscrições em dívida ativa a serem parceladas. O pedido poderá ser feito pelo devedor principal ou pelo corresponsável. É vedada a concessão do parcelamento aos sujeitos passivos com falência decretada.

A dívida será consolidada na data do pedido de parcelamento e resultará da soma do valor principal, da multa de mora ou de ofício, dos juros de mora, e dos encargos legais. O valor das prestações será obtido mediante divisão da dívida consolidada em até 120 parcelas, observado o valor mínimo de R$ 300 por parcela.

As prestações vencerão no último dia útil de cada mês, inclusive a primeira. O pagamento das prestações deverá ser efetuado exclusivamente mediante Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) emitido através do e-CAC da PGFN, pelo sistema de parcelamento da Procuradoria.

-A rescisão do parcelamento ocorrerá em duas situações: a falta de pagamento de três parcelas, consecutivas ou não; ou a existência de saldo devedor após a data de vencimento da última parcela. O pagamento da parcela efetuado apenas parcialmente não será considerado.

Os contribuintes que possuem parcelamentos em curso, inclusive aqueles concedidos com base na Portaria PGFN nº 802/2012, deverão, antes de solicitar o pedido de adesão ao parcelamento especial, apresentar "Requerimento de Revisão de Dívida Inscrita", para solicitar a desistência do parcelamento.

Aqueles que possuem débitos com exigibilidade suspensa por decisão judicial deverão apresentar “Requerimento de Revisão de Dívida Inscrita", para solicitar a alteração da situação da inscrição em dívida ativa, e comprovar a desistência expressa e irrevogável da ação judicial, e, cumulativamente, a renúncia a quaisquer alegações de direito sobre as quais se funde a ação judicial.

Em ambos os casos, as medidas deverão ser realizadas até o dia 10 de março de 2017.
 

Navigation
Unidades e Responsáveis
Mapa do Brasil Paraíba Pernambuco Alagoas Sergipe Rio Grande do Norte Ceará Bahia Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo Minas Gerais Paraná Santa Catarina Rio Grande do Sul Distrito Federal Goiás Mato Grosso do Sul Mato Grosso Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Tocantins Manaus Amapá Piauí